essa tal de ansiedade.

Ela está sempre lá, em algum canto do nosso estômago. Nas unhas roídas, nas mensagens afobadas da madrugada. Ela acomete até mesmo os mais tranquilos; invade vidas, destrói relacionamentos, faz com que a gente coloque os pés pelas mãos em tentativas desenfreadas de contê-la. Tudo em vão. Ninguém sabe o que fazer, afinal, com essa tal de ansiedade – mesmo quando nos tornamos mestres em sufocá-la.

Hora mais cedo, hora mais tarde, ela vem e explode. É a espinha na ponta do nariz, é o morango com chocolate fora da dieta, é pau, é pedra, é o fim do caminho – ou o meio, quem sabe? Pode ser nosso cigarro, nosso álcool, nossa falta de sono ou excesso de trabalho.

Todo mundo teme por aquilo que desconhece, anseia pelo bom – ou ruim – que está para chegar. Não tem jeito. A coisa fica ainda pior quando – quase sempre –  se sofre pelo o que não sabe.

A ansiedade nunca vai embora. Ela pode ser contornada, ignorada, ela pode ser canalizada para o bem – quando nos torna mais produtivos,  ativos, mais atentos, mas ela sempre fica lá, porque, de certa forma, ela nos MOTIVA.

E faz com que pensemos com muito mais fé em todas as coisas.

Você também pode ler

2 Comments

  1. Quem dera algum dia alguém inventar algum antídoto, um passo a passo seguro, uma receita prática para canalizar toda a ansiedade para o bem e transformá-la em motivação. A minha ainda fica por conta do chocolate fora da dieta – ou melhor, a dieta fora do chocolate, já que o chocolate é muito mais frequente.
    Um dia chego lá…

  2. Eu particularmente odeio minha ansiedade, porque fico totalmente improdutiva (virginiana, can’t help) e com vontade de comer tudo que vem pela minha frente. E nem é algo que me motiva, só me faz sentir uma pessoa cada vez menor. Depois que me ocupei inteira de atividades (coral + academia + curso + aulas), tenho conseguido canalizar muito mais essas coisas ruins pra algo que me faz bem =~)

    Não pare nunca de escrever e mostrar pra gente sua visão das coisas, viu?
    Beijos e amô <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *