Blogagem coletiva: Uma carta para mim mesma – 10 anos atrás

É aí Elka, beleza?

Aqui quem lhe escreve é você mesma, só que 10 anos mais velha. Magra igual, palhaça igual, pobre igual, viu? Não foram nesses últimos 10 anos que você ficou rica, infelizmente. Mas pode ficar tranquila: mesmo você passando um certo tempo sem trabalhar, de-ses-pe-ra-da e entediada na casa dos seus pais por um ano, os outros 9 que sucederão esse sabático te darão bastante pano pra manga. E pouquíssimas horas de sono bem dormidas.


Você não terá esse sorriso torto pra sempre.

 

Não se preocupe com seu peso. Pare agora de fazer essa academia que você inventou. Aliás, no quesito alimentação, só corte a fritura. E as massas. Seu colesterol não será o mesmo daqui pra frente, mas seu corpinho, óh, continuará essa saracura. Por mais que você tente virar marombada a verdade continua essa: vai mirar na Sabrina Sato e acertar na Pepê e Neném. Então, sem crise. Aproveite seu tempo livre – que vai ser cada vez mais escasso – para fazer o que sempre te deu prazer: comer gordices e escrever. E ler também. Muito e sobre tudo.


Você não precisa comer esse tanto de batata frita.

 

Você ainda não sabe, mas vai inventar de fazer outra faculdade em 2009, quando não aguentar mais de tantas boas ideias na cabeça. Vai retomar o hábito de desenhar e vai descobrir uma nova forma de pensar por meio do Design de Produto – e isso vai te ajudar muito quando você precisar ser criativa no trabalho. Santos, definitivamente, não será mais a sua casa, e nesse meio tempo você vai conhecer tantas pessoas – e morar com tantas outras – que a palavra lar terá um novo significado.

Você, que achou que sua vida estaria maravilhosamente diferente depois de 10 anos, errou feio, errou rude. Mas as coisas melhorarão pro seu lado, viu? Você não vai mais trabalhar 15 horas e ganhar 3 dígitos pra sempre, vai ganhar melhor. Mas as horas de trabalho se mantém…Rs… E embora o seu futuro não seja exatamente de luxo, glamour e tranquilidade, você vai realizar uma porção de sonhos materiais super pequenos que hoje você dá muito valor. E vai ser bacana ter percebido que em 10 anos mudam não só as circunstâncias da nossa vida, mas os nossos valores em relação a ela. Sinto muito dizer que você, AINDA, não terá carteira de motorista em 2014, mas embora isso hoje tire o seu sono e te faça infeliz, não vai fazer a menor diferença lá pra frente. Acredite em mim.


Você ainda vai pegar muitas caronas por aí.

 

Queria dizer que você vai desencanar daquele carinha da sua adolescência que te fez começar esse blog e que vai, inclusive, perceber que nem gostava tanto dele assim. Aliás, ele vai ter 2 filhos, casar e você nem vai ligar pra isso. Nesses 10 anos você vai namorar pelo menos umas 3 pessoas, todas incríveis, e aprender muito sobre futuro, expectativas e amor eterno. Você vai ser sincera com o que sente, sempre leal àquilo que acredita e ganhar 3 amigos interessantíssimos pro resto da vida – ou, pelo menos, até o presente momento.

Dando um panorama geral e falando sobre coisas aleatórias, você vai continuar muito feliz e com vontade de viver tudo o que há pra viver. Vai conhecer o Chile em 3 dias, visitar um vulcão e tirar fotos incríveis. Vai desejar ter filhos com uma urgência nunca antes vista, mas não terá nenhum (e ainda bem)! Vai cuidar de um coelho e de uma calopsita nesse meio tempo e  sofrer muito quando os dois forem embora, fica aí o meu aviso. Aliás, pare com essa ideia maluca de ter bichos: nesses 10 anos você mal vai conseguir dar atenção pra você, mas vai fazer um excelente trabalho tentando.

 

Você vai tirar boas fotos em 2009.

Queria te incentivar a nunca parar esse blog e a escrever sempre de forma pessoal. Sei que você desistiu um pouco de falar de si mesma por que, né? Esse mundo é uma merda. Mas, no fim das contas, não é pra aconselhar a si mesma que você perde um tempão formulando esses textos? Preocupe-se só com isso. Isso vai te aproximar de muitas pessoas incríveis e te dar oportunidades que só quem é de verdade tem.

Espero ter ajudado e matado um pouquinho da sua curiosidade.

Que os seus 10 anos sejam saborosos. E que você saiba disso enquanto os estiver vivendo (eu tenho certeza que saberá).

Um beijo,

Ericka (com quase 30).

 

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation. Essa carta, em específico, foi uma inciativa do blog Hypeness. Quer ler outras cartas que já foram publicadas por lá? Clique nessa tag aqui:  “Uma Carta”.

Você também pode ler

14 Comments

  1. Cara, apenas amei o seu texto. Principalmente a parte de deixar de escrever de forma pessoal pq o mundo é uma merda 🙁
    Diga-se, fiquei inspirada pra escrever o meu! 😀

  2. Adorei a maneira divertida e com muita leveza como escreveu sua carta! 🙂 Amei também as legendas das fotos, divertidíssima! haha Enfim, dei muita risada por aqui e amenizou um pouco a sensação “estranha” com a qual fiquei depois de escrever a minha carta!
    Beijos!

  3. Cara, você é fantástica. Queria ter conhecido você (quase) 30 anos atrás, só pra poder rir disso tudo.

  4. Eu tenho a impressão de ouvir vc falar tudo isso, esse post todo. Parei meu almoço às 3 da tarde pra ler sua retrospectiva às avessas. #amei

  5. Adorei Ericka! Ficou tão leve e divertida! E as fotos/legendas escolhidas ficaram o máximo, haha!

    Eu tô aqui pensando que, há 10 anos atrás eu já tinha 19. Eu crente que ia escrever esta carta pra eu criança… sei lá onde tava com a cabeça, ahhahaha! #doida

    Bjsss

  6. Nunca que eu escreveria uma carta pra mim mesma de 10 anos atrás ahahhahahaha Só ia ter coisa euim pra me dizer =/

    Mas a-m-e-i a sua! Queria levar tudo leve assim.

  7. Por favor “Mirar na Sabrina Sato e acertar na Pepe e Neném” hahahahahahahaha só vc Ericka!

    Babe, a sua carta foi tão leve e descontraída :] que ótimo ler e ver que ao
    longo desses 10 anos você foi melhorando e melhorando ^.^

    Em 10 anos não levei a vida tão leve assim, mas meio que prometi que essa nova década será diferente! A gente aprende.

    Beijos Elkinha!

  8. “vai mirar na Sabrina Sato e acertar na Pepê e Neném” HAHAHA gente que delícia sua carta <3
    adorei o "panorama" que você deu sobre os anos seguintes, e seu estilo de escrita é tão gostoso de ler que foi rapidim!
    peixocassss <3

  9. Ei Erika 🙂
    Esse meme está uma delícia de acompanhar. Impressionante como temos tanto a dizer para nós mesmos! E gente, um coelho! Deve ser uma delícia ter um <3
    Beijo

  10. Tô aqui me aventurando nos blogs e descobrindo cartas e pessoas incríveis! ~.~
    Digamos que é bom redecobrir esse universo dos blogs à moda antiga!
    Kiss

  11. Ericka, sua carta foi muito cativante! É muito bom ler essas coisas, parece que estamos voltando ao passado com as pessoas. Amei a última foto. Bjs, Mariana

  12. Nossa, uma das cartas mais bem humoradas que eu já li. Até nas partes mais tristes há uma pontinha de esperança. Curti bastante. Ah, e a última foto é super fofa! 😀

    Abraço,
    Ianarã

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *