família.

Pais neuróticos e mães histéricas. Avós conservadores ou extremamente desbocados. Prima sapatão, primo gay, tia  religiosa e tio ateu. Alguém com câncer, alguém com pressão alta. Parente rico, parente pobre. Todas as famílias são igualmente problemáticas, todas as famílias tem alguém que incomoda ou alguém para servir de vítima em uma discussão.

Não existe a vida perfeita, a família modelo, os parentes ideais. Somos pessoas. Sendo assim, já nascemos com problemas de personalidade, com vontades incompatíveis e somos obrigados a conviver com gente que em circunstâncias normais nem gostaríamos tanto assim, mas que aprendemos a amar porque assim a vida impôs.

Palavras cortantes, discussões sem sentido, momentos de raiva incontroláveis. Você promete que não vai fazer igual e faz. Você promete que não vai mais discutir e discute. É assim que é com todo mundo e é assim que as coisas devem ser. Se fossem diferentes, provavelmente, não seriam tão boas quando são boas. É impossível não viver nenhum momento agradável em meio a gente que te conhece mais que você mesmo.

Se tem uma coisa que a família ensina é a ser forte. E a amar muito independente de qualquer situação.

Ainda que, às vezes, dê vontade de sumir.

Você também pode ler

3 Comments

  1. Família Ê… Família A… Família…

    Bem que poderia ser um verbo, né?
    Família é coisa louca, dela tiramos os melhores ensinamentos, seja por exemplo, seja por admiração.

    E quem não tem, sofre por não ter todos esses problemas que reclamamos tanto!
    (belo post dona Éricka!)

  2. Já passei muita coisa com conflitos, brigas, decepção, ciumes, mal amada, competição, perdas, etc… e assim vai…com isso aprendemos a mudar para sempre o melhor! Hj estamos no momentos de paz com todos, graças a deus.
    Senti saudades…fica com deus, bjs

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *