vai mais uma?

Você conhece uma pessoa. Gosta dela. Vocês conversam, trocam contatos, adicionam um ao outro no Facebook. Combinam de sair, se encontram. A coisa flui e vocês se beijam, tudo lindo, como deve ser.

Daí por diante as micro decisões se tornam um inferno.

Se você ligar no dia seguinte, vai parecer fácil. Se mandar mensagem, desesperada. Num dá pra não falar nada, mas também precisa tomar cuidado com o que vai falar. Se diz que foi bom, se entrega. Melhor deixar nas entrelinhas. Vai que ele pensa que você quer romance? Romance, num dá, é terrível. Afasta o tesão.

Chamar para uma nova saída é  suicídio sentimental. O ideal é que o outro faça isso antes, daí você espera. E o outro idem. Como você não diz nada porque está repeitando o espaço alheio, o tempo e o limite do outro, a individualidade do outro… Fica nisso. Ele lá, você cá.

Como encontrar-se novamente sem contato? Sendo parceira do acaso?

Se  a vida fosse só sorte, todo mundo ficaria para sempre avulso. Temos uma dificuldade enorme de nos re-pegarmos, exatamente isso. Nos tempos modernos não está difícil encontrar alguém: difícil é sair mais de uma vez com essa pessoa, reencontrar-se, insistir, conhecê-la direito. Fica tudo nas superficialidades, por que, né? Pode dar errado. Sempre pode. Nos tornamos eternos ficantes de uma noite só e reclamamos disso, mas a  culpa, meus caros, também é nossa. A mulherada, se toma iniciativa, é fácil. O homem, se não faz nada, é frouxo. Que tal juntarmos essas duas afirmações sexistas e fazermos um bem bolado, hein?

Importe-se menos com o que os outros vão pensar; sempre vai ter alguém na torcida contrária.

Pegue a porcaria do telefone que você anotou na noite passada, não dói. Entre em contato.

Tenho certeza que pelo menos um amigo você encontra, e, na pior das hipóteses, um remember não vai fazer mal.

Não é de todo ruim repetir figurinha. Aliás, vamos incentivar essa prática?

Isso acabaria com o mal humor de muita gente nesse mundo.

Você também pode ler

21 Comments

  1. sou super a favor da envestida no primeiro, segundo terceiro encontro, foi assim comigo, fiquei 6 meses atrás do meu atual namorado e ele nada, mas tbm não tinha sido direta neh! (tem cara que não entende charadinha), então resolvi eu mesma dar o primeiro passo e deu super certo estamos junto à 4 anos e 2 meses…

  2. Olá! Estou adorando conhecer o seu blog, le uns três pots por ai, e já aprovei.
    Essas coisas de encontro, ahhh eu nunca sei lidar com isso. Graças a Deus estou namorado ha um tempo, e estou libre disso. ehehehe
    Seguindo ai!

    Espero que goste do meu tbm:
    http://combarbaraneves.blogspot.com/
    Segue de volta? Se gostar, claro.
    Beijo e obrigada

  3. Hahaha adorei, me parece muito familiar! haha
    Também concordo que repetir figurinhas, não seja tão ruim assim! haha

    Beijos .. Beijos
    natyfigueiredo.com

  4. Tô bem nessa fase: um pouco vou atrás, depois espero um pouco… mas sempre deixando bem clara a minha intenção!!! Nada de mal entendidos dessa vez… hihihi

  5. Meninas, palavra de homem: cara que acha você “fácil” por correr atrás ou por dar de primeira não é homem, é moleque. Se algum fez isso com vocês (e já deve ter acontecido), desencanem! O problema é com ele. O négocio é viver o momento e ser feliz! O cara certo nunca vai se importar com essas coisas, garanto.

  6. Eu também era assim com oncinha, e as vezes ainda não ouso muito nela.
    Por isso, eu deixei pouca parte da saia( é uma saia, rsrs) aparecer, deixando o look mais discreto #ficaadica.
    Seja bem vinda e volte sempre la no blog. Adorei seu presença lá.
    Beijos

  7. Eu peco pelo excesso!
    Me jogo, chamo mesmo pra sair, ando de mão dada na rua, peço beijo e durmo de conchinha. Já assustei caras sendo assim? CLARO! Mas quem se leva muito a sério nunca daria certo comigo, então aproveito pra curtir o máximo o quanto durar.

  8. Enfim leio um texto aqui que não se encaixa perfeitamente e mim, ufa!
    Acho que é fácil a gente dizer aqui que a menina ter que ir atrás e tal, mas na verdade, eu acho que tanto o homem, quanto a mulher, devem ir atrás quando se sentem inseguro ou quando desejam mto!

    Beijãooo, ótimo texto.

  9. HUAHUAHUAHUAHUAHU…Me identifiquei com a sua postura, Bia!! Me jogo sem crises… Pra não restar nenhuma dúvida de que eu curti! Quem merece mesmo, não se assusta, se diverte… E se tudo der errado, vira amigo depois, faz parte!!!

    =]

  10. oi, flor!
    estou num momento remember, então incentivo!hahahah
    pq recordar é viver!(hem?!)
    hahaha
    bjoos

  11. Ótimo post Ericka!! Muito legal!!!
    Nós precisamos parar com essa besteira de “ligo, não ligo” e aprender a viver!!rs
    Bjoss

  12. Hahahah, muito boa! Mas vale frisar que nem sempre o ‘remember’ vale a pena. Depende da pessoa, é preciso saber selecionar.
    Ótimo texto!
    bjs

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *