código de conduta.


Os homens tem, entre si, um código de conduta jamais estabelecido verbalmente. As pseudo-regras já nascem lá, no subconsciente masculino, implantadas no microchip XY. Existe aquilo que pode e não pode ser dito em relação a algumas questões do universo (que eles sabem quais) e que, por mais que a gente explore e tente entender nunca conseguirá compreender na totalidade. É um dos enigmas da humanidade, o homem pensa pra falar e, a mulher, fala pra pensar. Na mesma proporção que eles interrompem um pensamento quando percebem que, se continuarem a falar, dirão mais que devem, nós caímos em pranto por dizer aquilo que seria melhor calar.

Sei disso porque tenho amizades com homens e mulheres e sempre tento extrair deles informações que possam nos ajudar a compreendê-los de um jeito melhor. Sempre. O problema é que uma dessas regras de conduta masculinas implicam em falar bem menos daquilo que desejamos ouvir (no sentido mais amplo da expressão.)

Há regras praquilo que um homem de verdade deve gostar, fazer, agir, pensar e vestir, regras que se extendem desde o ambiente de trabalho até o momento da paquera, que, aliás, detalharei em outro post. Essas leis você não encontra em nenhuma cartilha. Há toda uma metodologia, um cálculo, algo que só num olhar eles conseguem passar um pro outro e basta, sem nenhuma palavra. Os homens, minhas amigas, são infiéis apenas com as mulheres porque, entre si, sabem o verdadeiro significado da palavra amizade.

Não é que eles não pisem na bola vez ou outra, é claro que isso acontece. A questão é que os limites numa amizade masculina são bem mais flexíveis; pode pegar a ex-mulher do outro, se eles já não tiverem mais nada a ver; pode comentar de todo e qualquer ser do sexo feminino menos daquelas que forem da família; deve-se mentir sobre qualquer assunto ou em qualquer situação para encobrir um parceiro até que seja discutido – entre os dois homens, claro, – aquilo que deve ser feito em relação ao acontecimento…E por aí vai. Eles tem um jeito de demonstrar afeto às avessas. Quanto mais batem, mais amam. Quanto mais xingam, mais amigos são. “E aí, seu viadinho de merda” “Fala seu corno!”. Coisa linda de ver. A intimidade é esse caminho sem volta mesmo, de soltar pum e arrotar na frente do outro, de abrir a geladeira e já pegar a cerveja alheia.

A mente masculina pode se odiar no futebol e ser parceirona no MMA. Cada esporte é um esporte. Num tem briguinha de fofoca ou de picuinha, um soco vale mais que mil palavras, eles num perdem tempo argumentando sobre corte de cabelo, inveja, grosserias… Um rodada de cerveja no bar e uma partida de pôquer resolve qualquer problema não muito grave, porque, se o problema for realmente grave, eles nem perdem tempo pra resolver, simplesmente não olham um mais na cara do outro e fim de papo, sem arrependimentos.

Nunca vi um homem deixar de falar com o outro porque esse primeiro brigou com um amigo em comum dos dois. NUNCA. Cada problema é um problema e os envolvidos que se resolvam. Tudo simples, prático e sem melodramas, bem MACHO mesmo, sangue de barata. Adoro esse jeito que eles tem de viver a vida sem sofrer muito, sem enrolar muito, sem remoer muito. Quer dizer, nem sempre. Afinal, deve ser por esse motivo que eles odeiam falar no telefone após uma briga, acham que as coisas precisam de tempo para ser resolvidas e que TUDO, absolutamente TUDO pode esperar pelo melhor momento. O melhor momento, na cabeça das mulheres, é sempre agora. Num é terrível deixar o dito pelo não dito?

Para eles, não.

Gostaria de entender como funciona esse mecanismo mental de desligamento dos problemas, porque eu, por exemplo, sou uma desesperada. Nunca vou entender de onde eles acham tanta paz.

Você também pode ler

11 Comments

  1. Olha, tenho amigos que estão aí pra provar que intriguinha e fofoca existe em qualquer “amizade”. E se eu sou capaz de chutar a bola pra frente, eles também serão! rs. =P

  2. Concordo com vc.. nunca vamos entender onde eles acham tanta paz né? acho q eles devem viver bem mais q nós por isso… ou pelo menos deveriam…
    bjooooo

  3. Querida Ericka,
    O fato de vc se preocupar com o tal código de conduta a ponto de escrever sobre ele, já te revela como mulher. (risos) Beijos!

  4. Esse código deles é algo admirável,em certo ponto.Na amizade,é sensacional;em relacionamentos amorosos,pode ser um desastre.
    Invejo os homens por esse jeito básico de pensar e agir.
    ;**

  5. Ai Érica, acho que pela primeira vez eu vou dar uma discordadinha de vc! Mas só de leve, tá?
    Eu acho que a situação que vc descreveu é a ideal, nas condições normais de pressão e temperatura. E mais, acho que esses machos de hoje tentam ser assim mas não dão conta. Apertam o botão OFF, desincanam dos problemas e chegam a acreditar que se vc finge que o problema não tá lá ele desaparece! Aí quando a bomba explode de vez, ficam que nem barata tonta sem saber o que fazer, e precisam de alguém que pegue na mão pra mostrar o caminho. E eles tem feito isso com muitas coisas, pelo menos os que eu conheço.
    Na real, eu tenho a impressão de que eles querem ser mais práticos do que conseguem, enquanto nós as vezes surtamos com uma coisa imabecil, e outras vezes tiramos de letra um problemão.
    De qualquer jeito, adoro esse assunto!!!
    Beijos!!!

  6. Huahuhauhauah… Pode discordar Bia, não ligo não! E na verdade até gosto! Esse blog é pra gente gerar um pouco de polêmica mesmo, pra eu pensar um pouco e pra vcs me ajudarem a REPENSAR sobre as coisas!!! E eu achei que vc tem uma super razão quando fala que eles funcionam assim em situações ideais e depois ficam perdidos e que a gente exagera quando deveria ponderar… Complicado VIVER, NÉ???
    Mas ainda assim, adoro analisar comportamentos dando essa generalizada! HUAHAHUAHUAUAH…

    Um bjão!! =]

  7. Olha, homem é bem menos complicado que a mulher quando o assunto é amizade, por isso tenho mais amigo homem que mulher. Homem não fala mal da sua roupa, não faz fococa…
    Mas tem coisa que só uma amiga mulher entende, isso é verdade hahaha
    Bjs

  8. Uma coisa que admiro muito no comportamento masculino é o fato de que em geral são amigos muito mais verdadeiros que as mulheres e que também são mais sinceros quanto aos demais sentimentos. Afinal, a criação que tolhe o homem de chorar em público faz com que o choro de um homem seja geralmente muito honesto.
    Mais uma vez um super texto, Ericka! ^^
    Beijoos
    Thais

  9. Olha só, minha namorada me mandou esse texto. Muito bom, parabéns! Mas não tente entender os homens, não cabe a vc entender outra pessoa a nao ser voce mesma! O que ja é difícil pra qualquer ser humano.
    E só pra constar, homem não solta pum… Peida!

  10. HUAHUHAUHAUHUHA…ADOREEIII o seu comentário!!! Tentei ser fina, mas homem muito cheio de delicadeza… É VIADO! HUAHAHUAHUAHUHA…
    E manda um beijo pra namorada, fala pra ela também dar as caras por aqui que eu vou amar!

    =D

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *