o amor é imperfeito.

(o vídeo do Youtube é tosco, mas a música é boa…)

“Pois meu maior defeito é insistir
Que ele é perfeito,
Que é pura crueldade pedir pra ele mudar
Nem luz, nem espelho,
Nem olhos pra enxergar
Acho que sou alguém
Que nunca vai mudar…”

É extremamente difícil, pra maior parte das pessoas, admitir que tem algum problema, qualquer um. Dos mais simples, aos mais extremos. Geralmente, toda a ação ruim é consequência de alguma outra ação, de terceiros, obviamente, que ocasionou qualquer tipo de exacerbação. A grosseria, a ignorância, o fato de ter perdido a cabeça numa situação simples é completamente justificável, sempre, sem qualquer parcela de culpa própria. Os desequilibrados são sempre os outros, os sem razão, sempre os outros.  Escuto muitas pessoas admitirem que exageraram, mas nunca dizerem que também tiveram aquela culpa no cartório, que a traição ou a briga homérica também foi consequência de algum erro próprio, anterior a todo o caos que se sucedeu.

Gostamos der pensar que somos imutáveis. Gostamos de ter sempre a razão sobre coisas que até sabemos, lá no fundo, que estamos fazendo de um jeito completamente torto, mas é o NOSSO jeito. Não importa quantos sejam os argumentos, as lágrimas, as justificativas, estamos lá, impassíveis. Para que afinal assumirmos uma culpa que nem sequer foi nossa? Ou melhor, que foi nossa, mas que só aconteceu porque o erro maior foi DO OUTRO?

Num relacionamento, NADA, em absoluto, acontece por acaso. Duvido que existam mulheres que não saibam que são traídas, por exemplo, ou homens que não saibam que estão magoando uma mulher. Duvido que alguém de fato desconheça algo que aconteça bem debaixo do próprio nariz. É que geralmente é muito mais fácil agir assim que pensar que também temos nossas parcelas de culpa, como já diria o Pequeno Príncipe, “somos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos.” Quando uma briga acontece prefiro pensar que ninguém está completamente certo ou errado, porque, de fato, não está.

Quem busca razão em todas as situações acaba magoando o outro por ser cego; parece que nada, nem o amor, supera à logica. É o egoísmo agindo no lugar de outros sentimentos mais nobres que deveriam existir.

 

Você também pode ler

13 Comments

  1. adorei o post e posso me achar ai dentro com certeza!
    mas aí erickinha bonitinha, haha, entra a questão do orgulho. Uma pessoa finge que não ver algo que acontece consigo mesma ou que faz al ao alguém pela simples questão de não aceitar e admitir o errado! Sou uma pessa extremamente orgulhosa e se tem algo que odeio fazer é admitir quandoe stou errada. é errado, sim! mas é algoe xtremamente humano.
    pARA nós sempre temos que ser perfeitos pois acreditamos que sempre existe alguém melhor que nós, e não conseguimos lidar com isso. Então se algo de errado acontece em nossas vidos, simplesmente abstraimos e fingimos que não está lá. O orgulho é muito maior minha cara. Infelizmente

  2. Já escrevi sobre isso tbém.E é verdade,nos damos uma importância grande demais e achamos que somos perfeitos.
    Na verdade ninguém é só bom,ou só mal.Todo mundo é bom e mal ao mesmo tempo.
    Mas a balança nunca esta equilibrada.Quando pende sempre para o lado do mal é que é foda.
    Pronto,escrevi um jornal.

  3. Vc tem O dom de resumir tudo na frase final.
    Infelizmente,o egoísmo e o orgulho acabam sendo maiores,e cabe a nós tentar mudar isso em nossos relacionamentos.
    ;***

  4. Oi, Ericka!
    Acho suuper triste quando o orgulho consegue acabar com belos sentimentos. Resta-nos tentar controlar os impulsos, saber perdoar (esquecer é impossível!). Mais uma vez traz-nos um excelente texto!
    Beeeijooos!
    Thaís

  5. É estou passando por uma situação dessa, em que houve a mudança, mas eu n sei se onde estou agora serve pra mim, nao sei se o problema sou eu ou o outro, se sou muito egoista como vc citou. mas creio que nao sou inflexivel e acho que em algum momento, nos mesmos encontramos a resposta para essas duvidas =S
    ameiii o texto veio muito a calhar guria!

    beijos e otimo domingo!

  6. é querida, a moda agora é mulheres escrevendo sobre homens e homens escrevendo sobre mulheres ! O sexo oposto um tentando compreender o outro .. lá no atrevidos eu falo sobre moda masculina e feminina e varios outros assuntos !

    Segue lá tb ? Please ..

    Meu blog pessoal o Dulce Amargo:
    http://www.memoriasdulceamargo.blogspot.com

    Obrigado e boa semana ;*

  7. Amor e relacionamento dão trabalho, mas é mt bom, né??
    É como vc falou, não tem ninguém certo e ninguém errado. Pra mim, existem duas pessoas tentando dar certo!
    Bjs

  8. taí, concordo com tudo isso (como sempre!) ..

    Mas ó, como a Fabi disse, o orgulho é o maior culpado nisso tudo (eu acho)!
    É o culpado em muitas coisas, pra ser bem sincera ..
    Ele, seguido de outros vários sentimentos, que deixam isso tudo acontecer!

    Em qualquer história, realmente, nunca tem o certo ou errado.
    Até pq cada um dramatiza sua história do jeito que bem entende. 😉

    =***

  9. Vc foi a única sensata no meio disso tudo, sabia ? Tava falando isso ontem. Óbvio que numa briga de proporções catastróficas todo mundo tem a sua parcela de culpa. Dose é que ninguém assume isso.

    Eu fiz uma dessas nesse feriado (depois te conto hihihi) e tenho plena consciência da minha culpa no cartório.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *