clube das mulheres.

Para ler ouvindo:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=oZcGDkvbAJ4]

Minha mãe recebeu um convite pra ir ao clube das mulheres. Achei ridículo. Aliás, mais ridículo que aceitar um convite pra ir ao clube das mulheres é mandar esse convite pra uma mulher casada, com filho e no auge dos seus 56 anos. Quer dizer, ela já poderia ser avó, veja bem. E ainda recebe convite pra ir em clu-be-das-mu-lhe-res? Pelamordedeus. Fiquei chocada. Depois revoltada. Depois pensei: onde esse mundo vai parar? E, por fim, refleti. Calma aí. Clube das Mulheres num passava de domingo à tarde no programa do Gugu? Num tinha um sujeito que ia sempre fazer umas performances bem toscas por lá? Um loiro fortão (Lembraram? Marcos Manzano? Oi?)  E confesso que pensando sobre isso me vi preconceituosa em relação ao tal clube. Preconceituosa, porém, ainda sem aceitar a idéia de ver a minha mãe por lá.

Deixando de lado tudo o que acho sobre o local, 70% do meu círculo de amizades já visitou o estabelecimento pelo menos uma vez. Homens, nós não gostamos de ver vocês peladões, não distorçam as coisas. Não existe uma Love Story versão feminina, viu? Só pra constar.

Tem coisa mais lamentável do que um homem pelado fazendo pose? Tem. Um homem pelado, de 40 anos, vestido de cowboy, achando que é lindo fazer pose. E é isso que você encontra no clube das mulheres. Além de, é claro, muita bebida grátis. Lá é lugar pra tirar sarro da vida se sentindo libertinazona e soltar a franga sem medo de ser feliz, tipo um stand up comedy, sabe? Lá você pode rir alto, bater palma e fazer comentário levemente pornográfico com aquela sua colega de trabalho sem ser recriminada. Lá você vai encontrar pessoas de 17 à 60 anos conversando de igual pra igual, assim, na tranquilidade. Cházão da tarde.

Se eu já fui no Clube das Mulheres? Nunca. Se eu pretendo ir no Clube das Mulheres? Jamais.

Mas que com certeza vou pedir registros detalhados caso a minha mãe vá com as amigas curtir o auge da rebeldia feminina por lá… Você pode crer.

E deixo aqui tudo pra vocês lerem também.

Você também pode ler

22 Comments

  1. Cara,

    Lógico que no auge dos meus .. 45/50 anos .. tá, nem com 30 anos .. eu não iria no Clube das Mulheres ..

    Mas nos meus 19/20 anos .. pq não ir?
    Eu não preciso fazer nada lá .. só conhecer não mata ninguém!
    Eu parto do principio: preciso conhecer pra poder falar mal!

    Mas estamos esperando registro disso ai! HAHAHA

    =*** Relaxa a bisteca, neguinha! o/

    E manda um bombeiro bombado dançando só de sunga e chapéu aqui pra mim. MUAH =* .. hahahahaha
    me ame!

  2. kkkkkkkkkkk Acho que deve ser engraçadíssimo! Até pq mulher é diferente de homem né?! Difícil ver mulher babando com performances toscas, de homens vestidinhos de sungas minúsculas ou aquelas fantasias ridículas kkkkkkkkkkkkk…
    Nunca fui em club, mas já em festa onde contrataram streapers kkkkkkk, é super engraçado! A mulherada mais ri, do que o fato de ser excitante, é mto mais comédia que sensualidade!!!
    Se tua mamacita for, me chamem..quero rir horroresssss!hauhaua
    Bjoksss
    Pri

    http://www.epocaboutique.blogspot.com

  3. Oi Querida!!

    Retribuindo a visitinha!! E prefiro não opnar, pois sou meio radical e acho que devemos aproveitar a vida independente da idade!! E se ir a um clube das mulheres irá deixar alguém feliz.. nada contra!! Mas também não discordo de algumas pessoas não gostarem.. Acho que cada um tem sua opnião e devemos respeitar!!

    Bjuzzzz.

  4. kkkkkkkkkk
    Ah, boba! Vai sim!!! Se joga na music, e vamo q vamo!
    kkkkkkkk
    Queria ir, ao menos uma vez… perdi a chance em 2007!
    E se mudar de idéia, leva umas notas de cinco! kkkkkkkk Só para fazer charme!
    Bjssssssss!!!

  5. Todo mundo tem um preconceito arraigado, principalmente no que diz respeito aos pais. Provavelmente se eu falasse que ia num clube de mulheres você não teria a mesma reação extremada. Filho tem aquela barreira: pai e mãe não fazem sexo, só pra fins reprodutivos hahaha

    Eu nunca fui a um clube de mulheres, provavelmente pq o meu tipo de homem (alto e magricelo) não faz parte das atrações do lugar. Mas acho que eu iria de boa, deve ser muito divertido ver a mulherada soltar a franga.

    Eu acredito que com a companhia certa qualquer lugar se torna divertido e o clube das mulheres se encaixa perfeitamente como exemplo. Não dá pra ir com aquela amiga chata que vai ficar fazendo doce e resmungando de tudo. Tem que ir com as amigas que vão se jogar e curtir tudo pra depois relembrar e rir muito da situação.

  6. Olá, adorei sua visitinha lá no blog e comentário. Quando entrei nesse blog para retribuir a visita, fiquei super surpresa com o blog maravilhoso, inovador e divertido que encontrei!
    Vou sempre passar por aqui!!

    Que bom que vc adora Uberaba vc tbém deve ter um patrimônio de lembranças por lá!!

    bjoo

  7. Nunca fui ao Clube das Mulheres, mas iria numa boa..Deve ser mto engraçado pq os caras são mto toscos! Kkkk

    Homens vão direto ao puteiro para dar risada e outras coisinhas mais…nós vamos para sentir vergonha alheia do quarentão com uma cuequinha micro!!

  8. Hahahah querida, juro que dei umas boas risadas com esse post. Acho que é essa a diferença entre o homem e a mulher: nós NÃO queremos ver vcs pelados e dançando! Sério, é ridículo MESMOOOOOO!! Concordo plenamente com vc!! Não vejo sentido nenhum, apenas uma grande vergonha alheia!

    Eu nunca fui, e acho que, se fosse, ia dar umas boas risadas e sentir muita vergonha alheia!!

    Beijinhos!!

    http://mmansur.blogspot.com/

  9. Aaaaaahhh… Você acabou com a sua mãe, tadinhaaa hahahahahahahahah! O Clube das Mulheres apenas acreditou que aos 56 anos a mulher ainda tá viva! Hahahah!

    Também nunca fui. Nem pretendo.
    Ver homens de sunga dançando com botas e chapéu de cowboy E ÓLEO NO CORPO! Urght! Me embrulha o estômago. Hahahah acho que nenhuma mulher gosta disso, quem gosta disso é homem gay. Hahahah!

    Mas bom, eu gosto de coca-cola sem gás e um monte de gente me recrimina também, então… Cada um com o seu, certo?

    Um bjo!

  10. Haha, se a sua mãe for conte meeesmo pra gente! Tenho um grupo de amigas que praticamente todas querem ir. Eu não vou. Respeito muito meu namorado e acho que as coisas não são bem assim. Mas na idade de mãe, de tia, acho bem engraçado, rs. Parece aqueles filmes americanos de mulheres nos seus 50 e tantos anos e doidas! rs

    http://www.batomnosdentes.blogspot.com
    Beijocas, Maria Luiza

  11. Eu acho que deve ser suuuper engraçado. Não consigo achar super sexy-sensual um cara dançando, rebolando, fazendo mil poses! ashuahsuha
    Acho tudo muito forçado. Existem tantas outras coisas que me fazem achar um homem sensual, e nenhuma deles está relacionada a ver ele rebolando de sunguinha! shauhsuahsuahs

  12. Ahhhhhh Él!!
    Deixa disso!! Rs

    Concordo q qndo c trata de mãe… a gnt fica mias pé atrás (não imagino minha mãe nesse lugar..rs)

    e nesse texto vc tah com um pensamento meio maxista…rs:
    1- bebidas grátis apenas c tm uma aniversariament na mesa.. talvz.. msm assim qndo eu fui não tinha nenhuma.. ahuhuahua

    2- qnto a sensualidade.. an.. realmente.. quase ZERO! ahuhuaa.. eh mais engraçado q sensual. Rola umas dancinhas com a mulherada..e eh nessa parte q podemos dizer q ou eles são put*s..rs.. ou eles não existem..

    3- C vê uma mulherada tarada… gritando.. hiláário!

    4- e o cowboy.. meninaaaaaaaaaa.. não tm nada d velho não! rs. Gatíssimo! rs

    #ficaadica: VAI COM A SUA MÃE!
    ahuahuhuahuaa

  13. Erickinhaaaaa adooorei, e concordo com o seu ponto de vista!
    HAHAHA não preciso nem dizer que já fui no club das mulheres né?!
    Não fui pra ver homem pelado, até porque não ficam.. é mais pelo fato de estar em um lugar onde temos liberdade pra agir de um modo mais solto, e não sermos tão julgadas, afinal ninguém ali tem moral pra falar nada. Foi delícia quando fui, ri muito, me diverti a beça.. e pra quem nunca foi eu recomendo! Não tem nada mais engraçado do que ver um um cara que tem idade pra ser meu avô se achando muito sexy!

    Beeijocas 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *